quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Temor


Imortalizo minhas dores
Nos versos d'uma poesia
Só pra lembrar que um dia
A dor que me corroía
Não passara de temores

Poema selecionado pelo Concurso UM POEMA EM CADA ÁRVORE / 14ª Edição


© Por Thiago Galdino -18/12/2011 - Direitos Autorais Reservados.

Um comentário:

  1. Thiago,

    Gostei do poema, curtinho e expressivo.
    Ps:
    seu endereço deste blog está errado no rodapé do email. Está um @blogspot no lugar do(ponto) .blogspot. Corrija lã senão a gente não chega aki clicando nele.RSSS!

    ResponderExcluir